Quero ser um integrador
Integração para sistemas on-premise: como fazer isso da melhor maneira

Integração para sistemas on-premise: como fazer isso da melhor maneira

Escrito por: Equipe Apipass
Categoria: iPaaS
Vivemos em um mundo com necessidade de integrações a todo instante, em todas as empresas e organizações. São diversos sistemas, aplicações e softwares que precisam conversar entre si, seja em servidores on-premise ou cloud.

Mas você sabe quais as características dos sistemas on-premise? Como eles funcionam e as suas diferenças em relação aos sistemas na nuvem? E como pode ser feita a integração desses sistemas? Confira neste texto!

O que são sistemas on-premise


Sistemas on-premise são aqueles que possuem instalação nos servidores locais da empresa, ou seja, hardwares físicos que ficam sob responsabilidade da própria organização. Todos os itens relacionados a esses hardwares precisam ser adquiridos e mantidos pela empresa, assim como todos os elementos periféricos.

A principal diferença entre os sistemas é que, no on-premise, é feito um investimento para aquisição dos equipamentos; já em cloud, há a contratação do serviço, ou seja, uma assinatura. Por isso, algumas das vantagens apontadas para servidores locais são as seguintes:

  • controle total na implementação e no funcionamento por parte da empresa
  • capacidade de customização dos servers
  • dados sob o domínio exclusivo da empresa
  • equipe interna e dedicada

Outra característica dos servidores on-premise é a sua capacidade robusta de resposta às necessidades da empresa. Isso porque ele é desenvolvido a partir dos objetivos da própria organização.

Há modelos híbridos?


Sim, algumas empresas utilizam modelos híbridos. Nesses casos, uma parte das operações é realizada no servidor local e outra é enviada para a nuvem. São opções onde a companhia pode optar por armazenar localmente determinados dados e rodar outras aplicações e softwares fora da sua infraestrutura.

Integrações: o que fazer


Entendido um pouco melhor como funcionam os sistemas on-premise, vamos entrar no tema das integrações. Afinal de contas, independentemente do tipo ou formato de servidor, é essencial que a empresa tenha consigo um parceiro capaz de integrar as aplicações.

Na maioria dos casos, a solução mais viável e mais indicada para fazer sistemas conversarem são as APIs (Application Programming Interface). Elas são capazes de integrar sistemas diferentes, garantindo segurança e facilidade no intercâmbio de dados.

Essas interações são como pontes capazes de conectar os mais diversos setores. É o que chamamos de integração via API.

Com as APIs, você conecta tecnologias heterogêneas e faz com que funcionalidades e ferramentas específicas de alguns aplicativos possam ser utilizadas em outros. Excelente, não é?

iPaaS: solução em nuvem ou on-premise


Apesar da importância das APIs na integração dos sistemas, sejam eles on-premise, na nuvem ou híbridos, a cada dia surgem novas aplicações e softwares diferentes no mercado. E as empresas vão aderindo a eles, por necessidade dos seus setores.

O que fazer nesses casos? Como as empresas integram tantas aplicações distintas sem perder o controle e onerar o tempo dos desenvolvedores? E como manter as conexões todas atualizadas? Como evitar falhas no meio do caminho?

São diversas questões, não é mesmo? Mas a boa notícia é que a tecnologia sempre oferece uma solução!

Nesse caso, ela se chama iPaas (Integration Platform as a Service). Uma plataforma incrível e que vem se consolidando cada vez mais em todo o mercado.

O conceito de iPaaS foi criado para resolver o problema de softwares e aplicativos operando isoladamente entre si e que não contam um fluxo de comunicação automático. E mais: eles podem estar em modalidades dispersas (na nuvem ou on-premise).

Ao criar um ecossistema central para integração e gerenciamento, uma plataforma iPaaS possibilita o desenvolvimento de integrações via API de forma muito mais rápida, simples e escalável que as abordagens tradicionais, trazendo uma significativa redução de custo.

Confira abaixo algumas vantagens da plataforma iPaaS:

  • Integrações personalizáveis
  • Automação de fluxo de trabalho
  • Interface de usuário amigável
  • Acessibilidade de qualquer lugar
  • Atualização constante
  • Integração de soluções e dados
  • Agilidade na implementação
  • Real time
  • Rapidez e baixo custo se comparado aos métodos convencionais

Converse conosco, a gente gosta de conversar


Você precisa de soluções de integração eficientes e de alto nível? Entre em contato conosco. Somos a 1ª plataforma do Brasil com opções 100% Cloud e Híbrida: suas integrações on-premise ativas até no modo offline! Conheça os nossos planos de integração.

Artigos Relacionados

thumbnail
Conheça os benefícios da integração via API e como ela se tornou cada vez mais essencial para empresas de todos os tipos e tamanhos.
thumbnail
Saiba o que é a tecnologia 5G, quais são as suas características e como ela trabalha no desenvolvimento de aplicativos em conjunto com as APIs.
thumbnail
Como as APIs podem ajudar neste momento? E qual a sua importância no mapeamento da doença e no desenvolvimento dos negócios? Descubra!
thumbnail
Confira o que é iPaaS, como funciona, quais as vantagens da sua aplicação e qual a sua importância na integração de software.
logo

Fique por dentro!

Assine nossa newsletter e integre-se às novidades.